LEIA TAMBÉM

  • Anna Clara Fonseca

6 músicas do Blur pra ouvir com gosto

Atualizado: Out 9

Com Leticia Lucena


Considerada uma das maiores bandas dos anos 90, Blur foi o grande disseminador da palavra do Britpop. Ao lado de Oasis, Suede, Pulp, The Verve, Supergrass e várias outras bandas do mesmo segmento, eles foram os responsáveis em levar o orgulho britânico ao mundo e a ascensão foi instantânea. A banda era composta por Damon Albarn nos vocais, Graham Coxon na guitarra, Alex James no baixo e David Rowntree na bateria. A química entre eles era um fato incontestável, as canções estrategicamente feitas com tamanho esmero tornaram o legado e relevância do Blur até os dias de hoje. Damon Albarn é um artista completo, com vários projetos paralelos além do Blur, mantendo sua influência na música sempre atual. Damon também é o nome por trás da banda virtual Gorillaz, da banda The Good, The Bad and The Queen, além de ter também sua própria carreira solo, com quatro álbuns lançados até então.


Da esquerda para direita: Dave Rowntree, Damon Albarn, Alex James, Graham Coxon. (© Tim Roney/Getty Images)

Hoje iremos apresentar 6 músicas essenciais para se aprofundar no mundo dessa banda que você precisa conhecer!


SONG 2


Impossível falar de Blur sem mencionar o maior sucesso da banda: Song 2 é até hoje uma das músicas que mais representam o Britpop. Lançada em 1997 como segundo single do álbum de mesmo nome da banda, Song 2 concorreu a diversos prêmios britânicos ao decorrer da campanha do álbum Blur, além de ter sido música-tema do jogo FIFA: Road to World Cup ’98.


PARKLIFE


O sucesso do albúm Parklife foi estrondoso, teve uma fama comercial considerável, e é um dos álbuns da discografia do grupo mais aclamados pela crítica. Além de contar com os maiores hits como Girls and Boys e End of a Century, a homônima Parklife é recheada de críticas sociais e conta com a participação de Phil Daniels, ator do filme do The Who, Quadrophenia. Essa também parece ser uma das canções favoritas de Albarn. Ao ser perguntado recentemente pelo site MusicWeek sobre uma possível nova reunião do Blur, ele se diz aberto à possibilidade, e que mal pode esperar para cantar Parklife ao vivo novamente.


COFFEE AND TV


Coffee and TV foi o segundo single do álbum 13, de 1999, e traz consigo um divertido vídeoclipe. Neste álbum também foram apresentadas como single as canções Tender e No Distance Left To Run, esta última também é o nome de um dos documentários da banda.


THE UNIVERSAL


Com uma letra carregada de ficção científica, The Universal é uma das maiores odes da banda. O clipe é totalmente criativo e inspirado em duas grandes obras da sétima arte: Laranja Mecânica e 2001: Uma Odisseia no Espaço, ambos dirigidos por Stanley Kubrick.


GIRLS AND BOYS


O lead single do álbum Parklife foi uma das músicas mais bem recebidas do Blur no ano de 1994. A canção ganhou um NME Awards por canção do ano, e também foi indicada ao Brit Awards e ao MTV European Music Awards (EMA). O clipe mostra um jovem Albarn atrás de um Chroma Key num perfeito retrato dos anos 1990.


TENDER


Lançado em 1999, o primeiro single do álbum 13 foi Tender. A melodia melancólica não é em vão: a linda canção fala sobre tentar superar o processo de término com alguém que realmente ame, o que fazia muito jus ao momento que Damon Albarn – vocalista da banda – estava vivendo: ele havia terminado com sua namorada Justine. Jimmy Fallon cantou uma versão acústica com a banda em 2015.

Quer conhecer mais sobre a incrível discografia da banda? Confira abaixo a playlist "This is: Blur" no Spotify!

SIGA-NOS NO INSTAGRAM!

Estamos ouvindo!

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Spotify
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone Pinterest
  • Preto Ícone Flickr

© Sidetrack Magazine