• Letícia Lucena

Arlo Parks: a nova voz da Geração Z

Com seu álbum de estreia lançado em janeiro deste ano, a cantora e poetisa britânica se mostra uma grande promessa da música para 2021.

© Charlie Cummings

Anaïs Oluwatoyin Estelle Marinho, ou somente Arlo Parks, tem apenas 20 anos e já é considerada um dos nomes mais promissores da música na atualidade. Tendo Joni Mitchell, Sufjan Stevens, Radiohead e Solange Knowles como algumas de suas principais influências, a cantora e poetisa do oeste de Londres começou sua carreira como muitos jovens talentos no Reino Unido: através do BBC Introducing, plataforma da rádio BBC para artistas em ascensão. Em 2018 seu primeiro single “Cola” foi lançado, e em seguida a cantora assinou contrato com a Transgressive Records.


Em 2019 Arlo foi além e lançou dois EPs: “Super Sad Generation” e “Sophie”, ambos muito bem recebidos pela crítica, arrancando elogios de importantes veículos de imprensa, como a revista Clash. Além de seus lançamentos próprios, Arlo Parks também colaborou com outros artistas, como as bandas Glass Animals e Easy Life, se apresentou em diversos festivais do verão britânico como Latitude, The Great Escape, e o lendário Glastonbury, e também ganhou o prêmio “Introducing Artist of the Year” da BBC. Tudo isso fez com que a cantora ganhasse cada vez mais visibilidade e reconhecimento do grade público, e consequentemente, aumentar ainda mais a expectativa para seu primeiro álbum.

© Tamiym Cader para NME

A tão aguardada estreia de Arlo Parks chegou em janeiro de 2021. Entitulado “Collapsed in Sunbeams”, o primeiro álbum da cantora traz influências de bedroom pop e neo-soul, e tem como principais temas a saúde mental e a liberdade de expressão. Assim como seus dois primeiros EPs, o disco não passa despercebido, e debutou em terceiro lugar nos charts britânicos, além de receber notas 83 no Metacritic, 100 pela NME, e 91 pela Consequence of Sound. Além da própria Arlo, também contribuíram na composição do disco a cantora Clairo, e o compositor Paul Epworth, que já escreveu canções para Adele, Florence + the Machine, Bruno Mars, e vários outros.


Se interessou e quer começar a ouvir? Comece por: "Hope", "Green Eyes" e "Portra 400"

Escute ao álbum de estreia de Arlo Parks abaixo:



Estamos ouvindo!

LEIA TAMBÉM

SIGA-NOS NO INSTAGRAM!

  • Twitter
  • Instagram
  • Preto Ícone Spotify
  • Preto Ícone Flickr
  • Pinterest
SIDETRACK