LEIA TAMBÉM

  • Maria Eduarda Ferraz

Dia Mundial do Rock: escolhas do Staff

Atualizado: 10 de Set de 2019

Foto: Georges Dekeerle, Getty Images

Como muitos de vocês já devem saber, em 13 de julho é celebrado o Dia Mundial do Rock, e isto acontece desde meados da década de 80. Não faz tanto tempo assim, né? Mas uma pergunta que talvez passe na sua cabeça, neste momento de leitura, é: por que as comemorações começaram a ser feitas nesta data?


Bom, vamos aos fatos! Lá no ano de 1985, o músico inglês Phil Collins, ex integrante do Genesis, estava tocando no Live Aid, festival em que apresentaram-se bandas e artistas como Queen, U2, Bob Dylan, entre outros, e que aconteceu tanto na Inglaterra, quanto nos Estados Unidos, na mesma data: 13 de julho. As apresentações tinham como objetivo arrecadar fundos para fazer uma doação a Etiópia. Foi lá em que o próprio Phil Collins declarou a data como sendo o Dia Mundial do Rock, e ela tem sido usada como tal desde então.


Dizem as más línguas que o país que mais levou a sério a celebração foi o Brasil. Sendo verdade ou não, a Sidetrack achou de bom tom e importância fazer uma singela homenagem ao Rock’n’Roll, seus variados subgêneros e atitudes. Como? Com uma lista de escolhas que vão de clássicos as queridinhas da atualidade. Vem conferir!


1) Escolhas da Anna DeMarco 


Como clássica, a Lady Bird da Sidetrack apontou Heart Full Of Soul, do The Yardbirds, Já como queridinha, escolheu Encore, do Catfish and The Bottlemen. Invasão inglesa!





2) Escolhas do Leonardo


Nosso artista veggie se cercou de clássicas, já que enviou como sugestões Nights In White Satin , do Moody Blues e Sunday Morning, do Velvet Underground.






3) Escolhas da Letícia


Fã da Marvel e de Britrock, a nossa Diretora Criativa optou por My My, Hey Hey, do Neil Young e Age of Man, do Greta Van Fleet, que esteve recentemente fazendo apresentações no Brasil.





4) Escolhas do Lukas


Cem por cento pronto para espalhar os fatos, Lukas trouxe como escolha Total Eclipse Of The Heart (uma das minhas músicas oficiais de karaokê), da galesa Bonnie Tyler como clássica. Já como queridinha, Give Yourself a Try, The 1975.




5) Escolhas da Isabela


A maior stan de Sebastian Stan (hoje é sábado, piadinhas nível tio do pavê são aceitáveis), traz para a lista Don’t Stop Me Now, do Queen, como sua escolha clássica, e St Patrivk, do Pvris, como queridinha do momento.




6) Escolhas da Heloísa


Mais conhecida como Eu adoro o Oasis, mas detesto os irmãos Gallagher, a Helô apontou como escolhidas Man in the Box, do Alice in Chains e Piece Of My Heart, da rainha Janis Joplin.





7) Escolhas da Anna Fonseca


Nossa Diretora Criativa e K-pop addicted também deixou sua contribuição. Como clássica apontou You Make Me Real, do The Doors. Já de queridinha, veio com Crucify Me, do Bring Me The Horizon.





8) Escolhas da Bárbara


Nossa caçula e também K-pop addicted (achou mesmo que a invasão não tinha chegado a equipe da Sidetrack?), veio de Rebel Rebel, do David Bowie e When I Come Around, do Green Day.





9) Escolhas da Lourranny:


A nossa libriana, que adora conhecer novas culturas (especialmente as que estão do lado de cá do muro do Trump, como ela própria diz) trouxe de clássica Satisfaction, do Rolling Stones. A queridinha é Body Talks, do The Struts.




10) Escolhas da Maria:


Bom, vamos para as escolhas desta que vos fala. Decidir foi uma tortura, mas fiquei com Simple Man, do Lynyrd Skynyrd, que eu acho linda de morrer e tenho vontade de cantar em toda e qualquer vez que a escuto, e Pearl Cadillac, do Gary Clark Jr, que meu Deus, vive no repeat!

SIGA-NOS NO INSTAGRAM!

Estamos ouvindo!

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Spotify
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone Pinterest
  • Preto Ícone Flickr

© Sidetrack Magazine