• Heloísa Cipriano

Ei, Escuta meu Som?: THAIIS


Atenção: hoje o post é pura representatividade! Vindo diretamente de Pernambuco e do grupo colaborativo da nossa revista digital, hoje apresentamos o trabalho da nossa colega de equipe sidetracker... Thaís Ferraz!


A Thaís faz parte da Sidetrack e colabora nos textos principalmente com relação à música, já que ela não apenas estuda, como compõe letras. E recentemente ela lançou seu primeiro single, o Rede Elétrica. Claro que não poderíamos deixar de fora da nossa mais nova coluna sobre artistas independentes, né?! Então confira a entrevista que fizemos com Thaiis, o nome artístico escolhido por ela para representar toda a sua identidade visual.


Foto: Zelo Estúdio
Capa do single. Foto: Zelo Estúdio

SDTK: Antes das perguntas, primeiro a Sidetrack diz: PARABÉNS, THAÍS! Um trabalho suado que nós, suas parceiras de trabalho na Sidetrack, ficamos muito felizes por você conquistar! O single Rede Elétrica é seu primeiro trabalho musical, mas você já tem uma história com a música que, acompanhamos, é desde pequenina. Conta sua história pra gente e sua relação especificamente com a música.


THAIIS: Brigada, gente! Fico feliz demais com o espaço carinhoso da SDTK pra eu contar minha história e mostrar meu trabalho. Minha relação com a música começou desde antes de eu nascer, pra ser bem sincera. Meu avô paterno é sanfoneiro, meu tio paterno é cantor, tenho tios e primos cantores do lado materno da família também, além de praticamente todos os meus familiares cantarem e tocarem algum instrumento. Então era impossível fugir desse caminho. Quando eu tinha 5 anos, eu ganhei meu primeiro teclado, que eu uso até hoje; e tenho a lembrança viva de que no mesmo ano, na minha formatura do ABC, me perguntaram o que eu queria ser quando crescesse. Eu disse, sem pestanejar: “ARTISTA!” 23 anos depois, aqui estou, lançando meu primeiro trabalho e realizando o sonho daquela Thaís criança que já tinha certeza do que queria.


SDTK: O pop nordestino é muito presente na sonoridade e na letra, e percebemos que você quer resgatar sua cultura regional em seu trabalho. Qual a história por trás de Rede Elétrica? O que você pretendeu transmitir ao seu público com a composição do seu primeiro single?


THAIIS: Como eu fui criada ouvindo forró pé-de-serra desde criança, a sonoridade sempre foi muito presente no meu dia a dia. Porém, fui crescendo e adicionando muitos elementos ao meu quadro de referências musicais, sendo muito fã de pop, indie e hits oitentistas. Na composição de Rede Elétrica, o processo foi misto: o protótipo da música foi composto no violão, com uma vibe mais intimista; quando me juntei com Barro, meu produtor e coautor da música, fizemos algumas modificações na letra e trocamos os acordes, e eu percebi que tinha um desejo muito grande de incorporar a minha raiz ao som que eu estava criando. Minha vontade era fazer a própria Hannah Montana e unir o melhor dos dois mundos, a minha referência regional com o meu gosto por pop. Além disso, resolvemos dar um tom mais alegre pra música, pra ser aquela canção gostosinha de escutar, leve e animada, sabe? E sobre a letra, ela é sobre amor, uma brincadeira com o choque entre duas pessoas e a queda da rede elétrica. Mas painho teve um insight esses dias que fez todo sentido do mundo pra mim: Rede Elétrica é sobre amor sim, mas traduz exatamente meu amor pela música e meu relacionamento com ela. "Eu te conheço muito bem, você já estava nos meus sonhos, desde pequena eu já sentia que essa hora chegaria" é literalmente o que eu sinto pela música e a tradução da minha história com ela, e o choque bombástico que causou na minha vida finalmente "assumir" esse relacionamento sério.


SDTK: A sua preocupação não foi apenas em entregar um bom produto vocal; mas também, audiovisual. Quem te segue vê que você é apaixonada por fotografia também… Como foi criada a composição visual de Rede Elétrica?


THAIIS: Eu sou rendida às artes, não só à música… Então o elemento visual de Rede Elétrica teve igual cuidado na concepção, mas tudo de uma maneira muito orgânica e pessoal. Eu já tinha em mente uma inspiração oitentista meio cyberpunk, meio "dreamy", por assim dizer, e queria transmitir essa atmosfera no clipe. Chamei Will Souza, que também fez as fotos de divulgação da minha carreira artística, e junto com Matheus Cantarelli, pensamos na estética que imprimisse o meu pensamento. Eu queria muito passar o meu eu e, levando em consideração o cenário de pandemia, tudo foi feito na minha casa. Gravamos por dois dias, fizemos todos os cenários, eu fiz meu cabelo e a minha maquiagem (outra grande paixão que tinha que ser refletida no meu trabalho), usei as minhas roupas...


SDTK: Quem faz parte da equipe musical de Rede Elétrica? Conta pra gente como foi o processo criativo com seus colegas de música.


THAIIS: A minha equipe musical é composta por Barro, cantor e produtor talentosíssimo daqui de Recife… Nós compusemos juntos Rede Elétrica; Guilherme Assis, que também assina a produção, além de ter feito o solo de baixo da música; Ian Medeiros, que fez a percussão e bateria; e Guigo Berger, na mixagem e masterização. O processo criativo começou comigo e Barro, meu rascunho de Rede Elétrica (que se chamava Vespeiro na primeira versão) e um violão. Depois que fechamos a melodia, eu montei uma playlist de referências musicais que inspiravam o que eu queria pra produção e, por meio de videochamadas, passei tudo pra Gui e Ian, pra gente ir discutindo como ia sair. Fazer música é um trabalho coletivo, tem várias mãos no processo, cada pessoa traz ali seu conhecimento e feeling para acrescentar no produto final... E pra mim essa é uma das grandes belezas desse trabalho. Envolve a alma de muita gente ali, pra depois, no final, ganhar o mundo e tocar outras pessoas, totalmente fora do meu controle. É lindo demais pensar nisso e ver acontecer.


SDTK: Por fim, há um novo projeto de Thaiis para ser lançado nos próximos meses?


THAIIS: Rede Elétrica é o primeiro trabalho de um projeto de 3 singles que eu planejei para este ano. Estou em produção dos próximos, mas ainda não tenho datas… Vocês vão ter que ficar me acompanhando pra descobrir! Hahahaha


Gostou e quer conhecer mais? Confira o clipe e espie mais sobre a Thaiis em suas redes sociais, @thaiismusic e Spotify.




Estamos ouvindo!

LEIA TAMBÉM