• Letícia Lucena

“Flowers for Vases / descansos”, é o "folklore" de Hayley Williams [Review]

O segundo álbum solo da vocalista do Paramore é sensível, intimista e junta-se a "Petals for Armor" como um dos trabalhos mais pessoais da cantora até então.

© Lindsey Byrnes

2020 foi com certeza um ano que ficará na história por muitos motivos, a maioria deles não muito bons, entretanto quando se trata de música, vimos muitos artistas se arriscarem ao irem para fora da suas zonas de conforto durante este período, nos trazendo projetos que se tornaram grandes preferidos do público. Após um primeiro álbum solo (que a princípio ela não tinha interesse em lançar) muito bem recebido, Hayley Williams nos presenteia com “Flowers for Vases / descansos”, um álbum completamente feito em sua casa, no Tennessee, durante o isolamento.


© Lindsey Byrnes

Quando falamos em “álbuns feitos durante a quarentena”, é inevitável não pensarmos em “folklore”, de Taylor Swift, tanto por ser um dos melhores trabalhos de Taylor até então, como também pela surpresa que ele causou no público quando foi lançado, em julho do ano passado. Hayley aparentemente também foi impactada pelo oitavo álbum de estúdio de Taylor, deixando claro que ele foi uma de suas inspirações para gravar seu segundo álbum solo ao postar um vídeo em suas redes sociais tocando bateria em sua casa e dizendo: “não precisamos de bateria se este for o meu ‘folklore’”. Assim como ele, “Flowers for Vases / descansos” foi anunciado menos de 24 horas antes de seu lançamento oficial, e é considerado por Hayley um prelúdio de seu primeiro álbum, “Petals for Armor”.


Assim como “Petals for Armor”, “Flowers for Vases / descansos” é um álbum que transparece o momento que Hayley está vivendo, e ambos surgem na hora que a cantora precisa deles como uma válvula de escape: enquanto que seu primeiro projeto solo surgiu enquanto a cantora estava em terapia, o segundo veio com o isolamento causado pela pandemia, e trata-se em diversas vezes sobre o fim de seu casamento com Chad Gilford, do New Found Glory, como podemos perceber em faixas como “First Things to Go”, faixa de abertura do álbum, e “Good Grief”.



Outro ponto de discrepância entre os dois trabalhos solo de Williams está na produção. “Petals for Armor” é o fruto da parceria entre Hayley e outros nomes já conhecidos pelo grande público, como Zac Farro, também do Paramore, na produção, e o trio Boygenius, formado por Phoebe Bridgers, Julien Baker e Lucy Dacus nos backing vocals. Já em “Flowers for Vases / descansos”, todo o trabalho de composição, gravação e produção é cem por cento feito por Hayley em sua casa, e nos deixa “fazer parte” de seu processo de criação ao deixar na faixa “HYD” um trecho onde um avião passa por cima de sua casa enquanto ela gravava a canção, soltando um “are you f***ing kidding me?” em seguida, dando-nos a engraçada sensação de proximidade com a cantora, como se estivéssemos ali presentes durante sua gravação.

Ao contrário do que disse em seu vídeo, o “folklore de Hayley Williams” tem sim um pouco de bateria, adicionada em poucas faixas, o que as ajudam a ter um certo destaque em um álbum um tanto quanto linear. “Flowers for Vases/ descansos” é um disco introspectivo e bastante pessoal, onde Hayley nos permite conhecer um novo lado seu.


NOTA: 7,8

Ouça ao álbum "Flowers for Vases / descansos" na íntegra no Spotify!



Estamos ouvindo!

LEIA TAMBÉM

SIGA-NOS NO INSTAGRAM!

  • Twitter
  • Instagram
  • Preto Ícone Spotify
  • Preto Ícone Flickr
  • Pinterest
SIDETRACK