LEIA TAMBÉM

  • Thais Ferraz

[INDICAÇÃO] BORDERTOWN: viciados em séries policiais, uni-vos!



Quem já ouviu falar da série Bordertown? Quem é alucinado por séries policiais que abordam serial killers e investigações cheias de mistérios e reviravoltas apenas tem que conhecer esta série finlandesa da Netflix. Sua terceira temporada acabou de estrear no serviço de streaming e nada melhor do que indicá-la por aqui!


A série trata do Departamento de Crimes Graves da cidade de Lappeenranta, na Finlândia, cujo principal personagem é o policial Kari Sorjonen, um dos melhores investigadores do país e cujo modo de trabalhar é bastante peculiar e lembra um pouco o jeito de Sherlock Holmes de desvendar crimes (sem spoilers aqui, podem deixar!). A série tem um clima intimista e gelado, com trilha sonora minimalista e cada caso dura dois ou três episódios.


Além de casos de polícia, a série também foca nas tramas familiares de cada personagem e sua família: Kari e sua relação com a esposa Pauliina e a filha, Janina, principalmente.

O grande diferencial da série é que os personagens “coadjuvantes” não são meros fillers, e têm suas histórias bem desenvolvidas e muito bem contadas, independentemente dos casos principais. O espectador fica preso às histórias de Lena, Niko, Katia e se afeiçoa aos personagens e se intriga quando os casos da pequena cidade (sim, aquelas cidades pequenas cheias de podres por baixo do tapete) se entrelaçam com as vidas deles e as afetam de algum modo.


É muito interessante ver como cada personagem tem uma personalidade bem desenvolvida, como a policial russa Lena, cujo passado um tanto obscuro a fez ter uma ferocidade no olhar e no agir, em oposição à calma e introspecção de Kari, e como a dinâmica entre eles se dá e como isso também influi na amizade entre Janina e a filha de Lena, Katia, que tem uma relação conturbada com a mãe.


Sem dar spoilers, mas dando uma opinião: a série é perfeita sem defeitos. Enredo, atuações, trilha sonora, fotografia (incrível, diga-se de passagem) e roteiro são impecáveis e colocam Bordertown como uma das melhores séries do catálogo da Netflix (que tem um ótimo catálogo de séries estrangeiras, por sinal, que não de língua inglesa principalmente). Fica aqui essa dica pra maratonar durante a quarentena, conta pra gente se você viu e gostou!


SIGA-NOS NO INSTAGRAM!

Estamos ouvindo!

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Spotify
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone Pinterest
  • Preto Ícone Flickr

© Sidetrack Magazine